8 Terapias alternativas para dor e como fazer

A dor pode ser causada por uma variedade de fatores, incluindo lesões, doenças e condições crônicas. Embora os medicamentos convencionais sejam frequentemente usados para tratar a dor, algumas pessoas procuram terapias alternativas como uma opção complementar ou alternativa.

Neste conteúdo, apresentaremos 11 terapias alternativas que podem ajudar a combater dores, estresse e até auxiliar no tratamento da depressão. Abordaremos as indicações de cada técnica e como elas podem ser aplicadas. Acompanhe!

O que são terapias alternativas?

As terapias alternativas, também conhecidas como Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS), são práticas de saúde que não fazem parte da medicina convencional. Elas são baseadas em conhecimentos e técnicas tradicionais, e podem ser usadas para tratar uma variedade de condições, incluindo dor, ansiedade, depressão e doenças crônicas.

Elas visam ter uma escuta acolhedora e a união entre o ser humano e o ambiente no qual ele está inserido. Algumas dessas práticas foram institucionalizadas e são ofertadas pelo SUS, tais como a acupuntura, fitoterapia, musicoterapia e a quiropraxia.

As terapias alternativas são muitas vezes consideradas complementares à medicina convencional, o que significa que podem ser usadas em conjunto com os tratamentos médicos tradicionais, mas é importante lembrar que o uso dessas práticas deve ser feito com cautela e sempre com o acompanhamento de um profissional da saúde.

Quais são os diferentes tipos de terapias alternativas disponíveis?

Abaixo listamos as principais terapias que podem ser utilizadas para aliviar e acabar com a dor:

Massagem

A massagem é uma terapia manual que usa pressão, alongamento e manipulação para aliviar a dor e a tensão muscular. Ela pode ser usada como terapia para aliviar dores musculares, reduzir o edema e estimular os tecidos tensos (contraídos). Também pode ajudar a estimular a circulação sanguínea, aumentar a elasticidade da pele, melhorar o sistema imunológico, diminuir a pressão arterial, desintoxicar o organismo e aliviar sintomas de estresse e ansiedade.

Uma sessão de  massagem pode durar de 10 e 60 minutos e deve ser realizada por um terapeuta licenciado para o tratamento de lesão, ou massoterapia. É importante lembrar que a massagem não deve ser utilizada para tratar infecções ou inflamações devido a coágulos sanguíneos (tromboflebite). 

A massagem pode ser usada para tratar uma variedade de condições que causam dor, incluindo:

  • Dor muscular: A massagem é uma forma eficaz de aliviar a dor muscular causada por lesões, esforço físico ou estresse.
  • Dor nas costas: A massagem pode ajudar a aliviar a dor nas costas causada por má postura, lesões ou estresse.
  • Dor de cabeça: A massagem pode ajudar a aliviar a dor de cabeça causada por tensão ou estresse.

Acupuntura

A Acupuntura é uma técnica terapêutica que envolve a inserção de agulhas em pontos específicos do corpo para aliviar a dor. Acredita-se que a acupuntura estimula a liberação de opióides endógenos e serotonina, ativa o glutamato e os sistemas de controle inibitório nocivo difuso, com efeitos segmentares locais. 

Essa terapia pode ser usada para tratar uma ampla variedade de condições dolorosas, incluindo dor nas costas, dor no pescoço, dor de cabeça, enxaqueca, dor no joelho, dor no ombro e dor crônica. O tratamento geralmente envolve várias sessões de 30 minutos a uma hora, dependendo da gravidade da condição. O acupunturista irá inserir agulhas finas em pontos específicos do corpo, geralmente por cerca de 20 a 30 minutos.

Para realizar o tratamento com acupuntura, você deve procurar um profissional qualificado, como um acupunturista. Esses profissionais são treinados para avaliar suas necessidades e aplicar a acupuntura de forma segura e eficaz.

Yoga

A Yoga é uma prática que tem se mostrado eficaz no tratamento de dores crônicas. Ela ajuda a quebrar a rigidez e aumentar a liberdade articular, faz o fortalecimento dos músculos, melhora o equilíbrio e reduz o estresse, o que pode ser benéfico no combate à dor.

 A prática da Yoga Terapia usa práticas específicas de yoga e seus benefícios para aliviar e melhorar doenças físicas e mentais, além de trazer mais entendimento aos doentes acerca dessas questões. 

O objetivo é tratar a pessoa de forma holística, vendo a pessoa como um todo: física, mental e espiritualmente, e assim ir à raiz da dor física ou mental. A Yoga pode ser usada em casos de dor lombar crônica, por exemplo, com resultados positivos . 

O tratamento com yoga geralmente consiste em uma série de aulas, cada uma com duração de 60 a 90 minutos. O instrutor de yoga irá ensinar as posturas e exercícios adequados para o seu nível de condicionamento físico e necessidades específicas.

Para realizar o tratamento para dor, é recomendado procurar um profissional especializado em Yoga Terapia.

Meditação

A meditação é uma técnica que pode ajudar a aliviar a dor crônica, reduzir o estresse e melhorar a qualidade de vida. Existem diferentes tipos de meditação que você pode fazer para aliviar a dor, como a meditação da atenção plena, a meditação de escaneamento corporal, imagens guiadas e redução de estresse baseada em mindfulness (MBSR).

 A meditação da atenção plena é estar ciente do momento ou do presente. Trata-se de praticar a atenção e reconhecer os pensamentos sem julgamento. A meditação de escaneamento corporal é redirecionar os pensamentos para longe da área afetada e pensar na totalidade do corpo. A imaginação guiada é um devaneio ativo, onde você cria cenários serenos e pacíficos, que podem ser imaginários ou reais. 

A meditação pode ser usada para tratar uma variedade de condições que causam dor, incluindo:

  • Dor crônica: A meditação pode ser eficaz para o tratamento da dor crônica, como dor nas costas, dor de cabeça e dor nas articulações.
  • Dor aguda: A meditação pode ser eficaz para o tratamento da dor aguda, como dor pós-operatória e dor de parto.
  • Outras condições: A meditação também pode ser usada para tratar outras condições, como ansiedade, depressão e insônia.

O MBSR é um programa estruturado que dura apenas oito semanas e é destinado a gerenciar pacientes com dor crônica e estresse. Para realizar o tratamento, você pode procurar um profissional de saúde mental treinado em meditação ou um instrutor de meditação.

Florais de Bach

Os Florais de Bach são uma terapia alternativa que se baseia no uso de essências florais medicinais para devolver o equilíbrio entre mente e corpo, permitindo que o corpo fique mais livre para o processo de cura. 

Segundo o criador dos florais de Bach, Dr. Edward Bach, o estado de espírito e as emoções têm um papel fundamental no aparecimento e na cura de diferentes problemas de saúde. Ou seja, quando alguém está sentindo emoções negativas, como medo, raiva ou insegurança, por exemplo, é fácil que o equilíbrio entre sua mente e corpo se perca, podendo levar ao surgimento de doenças. Assim, o objetivo dos florais de Bach passa por restaurar esse equilíbrio, ajudando a pessoa a aceitar e trabalhar suas emoções. 

Para casos de dor, os florais podem ser utilizados como complemento ao tratamento médico convencional. O tratamento com Florais de Bach geralmente consiste na administração de gotas de essências florais diluídas em água. As essências são escolhidas de acordo com o estado emocional da pessoa.

Os Florais de Bach são geralmente considerados seguros e eficazes para tratar a dor. No entanto, é importante consultar um profissional de saúde antes de iniciar qualquer tratamento com Florais de Bach, especialmente se você tiver qualquer condição médica.

Para realizar o tratamento com Florais de Bach para dor é recomendado procurar um terapeuta floral.

Terapia Cognitivo-Comportamental 

A Terapia cognitivo-comportamental (TCC) é uma abordagem terapêutica que se concentra em mudar os padrões de pensamento e comportamento que contribuem para os problemas psicológicos. No caso da dor, a TCC pode ser usada para ajudar as pessoas a:

  • Identificar e mudar pensamentos e crenças negativos sobre a dor.
  • Desenvolver habilidades de enfrentamento para lidar com a dor.
  • Melhorar a qualidade de vida, mesmo com a presença de dor.

A TCC pode ser usada para tratar uma variedade de condições dolorosas, incluindo dor lombar crônica, dor de cabeça, dor neuropática e fibromialgia. O tratamento geralmente envolve sessões semanais com um terapeuta treinado em TCC, que trabalha com o paciente para identificar pensamentos e comportamentos disfuncionais e desenvolver estratégias para modificá-los.

 O objetivo é ajudar o paciente a desenvolver habilidades para lidar com a dor de forma mais eficaz, reduzir a intensidade da dor e melhorar a qualidade de vida. 

É importante procurar um profissional de saúde mental treinado em TCC para realizar o tratamento.

Exercícios físicos

O exercício físico é uma terapia não farmacológica que pode ser utilizada para aliviar a dor crônica em adultos. A atividade física pode melhorar a intensidade da dor, a função física e a qualidade de vida, além de reduzir a fadiga, ansiedade e depressão

 A dor crônica é aquela que dura mais do que o tempo que o corpo geralmente leva para se curar, e pode ser causada por diversas condições, como artrite, dor nas costas e pescoço, e dores no período menstrual. 

O exercício pode ser utilizado como tratamento para essas condições, mas é importante lembrar que cada caso é único e deve ser avaliado por um profissional de saúde. 

O fisioterapeuta é o profissional indicado para orientar e prescrever exercícios terapêuticos específicos para cada paciente.

Aromaterapia

A aromaterapia é uma terapia alternativa que utiliza óleos essenciais para aliviar dores e tensões do corpo e da mente. Os óleos essenciais são substâncias líquidas voláteis e aromáticas, com características bioquimicamente definidas, que lhes atribuem as propriedades específicas. 

Para o tratamento da dor por meio da aromaterapia, os recursos disponíveis são os óleos essenciais e os métodos de aplicação através de via externa (inalação e massagem). A aromaterapia pode ser usada em casos de dor crônica, dor de cabeça, dor muscular, dor nas articulações, entre outros. O tratamento pode ser feito em casa ou com a ajuda de um profissional especializado em aromaterapia. 

É importante lembrar que a aromaterapia não substitui o tratamento médico convencional e deve ser usada como um complemento. Se você deseja realizar o tratamento com um profissional, procure um aromaterapeuta ou um terapeuta holístico que tenha conhecimento em aromaterapia.

As terapias alternativas apresentam uma abordagem complementar e integrativa para a saúde e o bem-estar. Elas podem ajudar a aliviar sintomas de doenças, reduzir o estresse e melhorar a qualidade de vida, especialmente quando combinadas com tratamentos médicos convencionais. No entanto, é importante consultar um profissional de saúde antes de iniciar qualquer terapia alternativa, especialmente se você tiver qualquer condição médica.

Se você está procurando por um acupunturista em Niterói, São Gonçalo ou Rio de Janeiro, entre em contato com RB Fisioterapia. Somos especialistas neste tipo de tratamento e podemos ajudá-lo a encontrar alívio da dor. Agende uma sessão!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *