Acupuntura: Guia completo sobre a terapia

A Acupuntura é uma terapia segura e eficaz que pode ser utilizada para tratar uma ampla gama de condições, incluindo dor, estresse, ansiedade, depressão, problemas digestivos, problemas reprodutivos e muito mais. Ela é uma terapia complementar que pode ser utilizada em conjunto com outros tratamentos médicos, como medicamentos e terapias convencionais.

Nesse post, iremos abordar as principais dúvidas que as pessoas costumam ter sobre a Acupuntura. Continue a leitura!

O que é Acupuntura?

A Acupuntura é uma terapia milenar originária da China e que utiliza instrumentos como: agulhas, moxas (um tipo de erva cuja queima produz calor local), laser, entre outros, para a liberação de substâncias químicas do próprio organismo como forma de reduzir dores, inflamações, prevenção e tratamento de doenças.

Na Medicina Tradicional Chinesa, acredita-se que o corpo possui forças que precisam estar em equilíbrio para alcançar saúde e bem estar. As principais forças são o Yin (negativo) e o Yang (positivo). O desequilíbrio do Yin e Yang geram impactos negativos no organismo, causando dor e doenças.

Nesse contexto, a Acupuntura visa restaurar o sistema do corpo para o estado de balanço (homeostase).

As agulhas de Acupuntura ao serem inseridas, estimulam as terminações nervosas da pele que enviam mensagens até o cérebro e desencadeiam efeitos no corpo como ação analgésica, inflamatórias, dentre outras.

No Brasil, a Acupuntura é reconhecida como especialidade por conselhos profissionais como odontologia, fisioterapia, medicina etc.

Veja também o vídeo que preparamos com as principais dúvidas sobre a terapia e como funciona a Acupuntura em domicílio.

Para que a Acupuntura pode ser utilizada?

Acupuntura para artrose
Foto de uma paciente que usa a Acupuntura para tratar hérnia de disco

Segundo o documento Acupuncture: review and analysis of reports on controlled clinical trial, a Acupuntura apresentou excelentes resultados para doenças como: 

  • Afecções físicas: distensões musculares, dor na cervical e na lombar, ciática e artrite;
  • Doenças na pele: acne, micose, psoríase, irritações;
  • Problemas no pulmão e vias respiratórias: rinite alérgica, bronquite, asma;
  • Afecções no coração: hipertensão,doença cardiopulmonar;

Problemas no fígado: cálculo na vesícula biliar, hepatite b;

  –Doenças no estômago e intestino: cólica estomacal e intestinal, náusea, vômito, gastrite crônica, hemorróidas;

–  Afecções no sistema nervoso: enxaqueca, AVC, paralisia facial;

Problemas psíquicos e psicossomáticos: depressão, ansiedade, estresse

Outras enfermidades: Diabetes melitus, obesidade, sinusites, dor de cabeça, espasmo facial,  alívio nos sintomas da TPM, cistite, policisto no ovário, menopausa, recuperação no pós operatório, reações adversas ao tratamento de radioterapia e quimioterapia.

É importante ressaltar que a Acupuntura é um recurso terapêutico auxiliar. Por isso, a avaliação do médico é fundamental para o diagnóstico e tratamento adequado.

Para aqueles que desejam utilizar a acupuntura como tratamento preventivo, não é necessário ter encaminhamento médico.

Como funciona o tratamento de acupuntura?

Vídeo mostra paciente durante tratamento de Acupuntura

O tratamento consiste na inserção de agulhas bem finas e descartáveis em diferentes pontos da pele, variando conforme os sintomas e doenças da pessoa.

Nas sessões, o paciente fica deitado com as agulhas no corpo por um período que varia de 20 a 30 min.

A quantidade de sessões necessárias são indicadas pelo acupunturista de acordo com o quadro do paciente.

Acupuntura em casa x em clínica, qual é a diferença?

Clinicamente não há diferença entre o tratamento de acupuntura realizado em casa ou numa clínica, visto que as duas formas podem utilizam os mesmos instrumentos ( agulhas esterilizadas, moxa, laser) e não necessitam de muitos recursos. Mas ao optar por realizar o tratamento em domícilio, o paciente realiza o atendimento no conforto da sua casa, no horário desejado, sem necessidade de deslocamento e com um atendimento personalizado.

Quais são os principais tipos de Acupuntura?

Perna com ventosa
Ventosaterapia é um dos tipos de acupuntura
  • Acupuntura clássica: É a mais tradicional e utiliza as agulhas finas e esterilizadas;
  • Eletroacupuntura: Usa impulso elétrico junto com as agulhas. É indicada para efeito analgésico rápido, mas os efeitos possuem uma duração menor.
  • Acupressão: Utiliza a pressão dos dedos nos pontos de Acupuntura. É recomendada para doenças leves, crianças e bebês.
  • Moxibustão ou Moxabustão: Utiliza a erva moxa nos pontos da Acupuntura para alívio da dor.
  • Ventosaterapia ou Cupping: A ventosaterapia utiliza um objeto chamado de ventosa (uma espécie de copo especial). É indicado para alívio de dores musculares e articulares, para melhorar o sistema circulatório e na recuperação muscular.
Copos de ventosa
Foto dos copos utilizado no tratamento com ventosa.
  • Sonoacupuntura: Utiliza ondas sonoras como forma de estimular as zonas corporais. É indicado para tratamento de insônia, tensão muscular e estresse.
  • Laseracupuntura: Usa laser nos pontos corporais. É indicada para pessoas que têm medo de agulha. Porém, os efeitos terapêuticos são menores, em comparação aos outros tipos de Acupuntura
  • Acupuntura auricular: A Auriculoterapia estimula pontos energéticos da orelha para ajudar o equilíbrio energético do corpo.
Quem pode fazer Acupuntura?

A Acupuntura não tem contraindicação, podendo ser indicada para qualquer pessoa, desde recém nascidos, idosos e grávidas (com exceção do primeiro e último trimestre). Também não é indicada pacientes com infecções na pele.

Acupuntura dói?

Cada pessoa pode ter uma experiência diferente, mas no geral a acupuntura não causa desconforto nem dor. Isso porque, as agulhas são muito finas e inseridas com cuidado pelo acupunturista.

Algumas pessoas, ao terem a agulha em contato com o corpo,  podem sentir uma sensação de formigamento, o que indica que o ponto está sendo estimulado.

Na maioria das vezes, o desconforto é passageiro e dura somente alguns segundos. Por isso, é importante avisar ao profissional, caso a dor esteja persistente. 

E aí ficou interessado em conhecer mais sobre a terapia e fazer uma sessão experimental? Entre em contato com a RB e agende a sua sessão!

Acupuntura em domicílio no RJ, Niterói e em São Gonçalo, é na RB!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *